Aikido

O Aikido é uma arte marcial japonesa desenvolvida nos princípios do Sec. XX por O Sensei Morihei Ueshiba (1883-1969), adaptando técnicas praticadas em antigas artes marciais pelos samurais, umas de luta corpo a corpo, outras onde se fazia uso de armas tradicionais (espada, lança, bastão, faca).

O princípio fundamental do Aikido conjuga a esquiva, o redireccionamento do movimento do atacante e a neutralização do ataque, através de movimentos naturais, fluídos, flexíveis e racionais que permitem usar a força/energia do atacante contra ele próprio, sem necessidade de excessiva força física ou especiais capacidades atléticas para aplicação das técnicas.

Um dos seus aspectos distintivos consiste na beleza estética dos seus movimentos.

 O Aikido desenvolve o condicionamento físico em geral, o equilíbrio, a flexibilidade, a coordenação motora e a resistência cardiovascular, mas também o condicionamento mental, a autoconfiança, a concentração, os reflexos, a intuição e o altruísmo. A evolução é progressiva, assente num trabalho cuidadoso e controlado, com respeito pela integridade física própria e do parceiro de prática.

No Aikido não há competição. Trata-se de uma opção que visa evitar o desvirtuamento dos princípios da prática de uma arte marcial e, também, o desligar da realidade pura.  

No Aikido valoriza-se a ética, a honra, o respeito mútuo, a lealdade, frontalidade, solidariedade e a disciplina.

O Aikido é considerado altamente efectivo na sua vertente de defesa pessoal, sendo as suas técnicas utilizadas em todo o mundo por corpos especiais de polícia, serviços especiais de segurança, etc. Neste caso o treinamento centra-se num número mais limitado de técnicas que sejam susceptíveis de serem a resposta adequada a uma variedade de situações reais, de modo a que haja uma reacção imediata e instintiva.

Pode ser praticado por pessoas de ambos os sexos e em qualquer idade, desde que tenha vontade de o praticar. Da prática do Aikido fazem parte vários tipos de trabalho, entre os quais se destacam:

Preparação - Exercícios respiratórios, de flexibilidade, de deslocação, de equilíbrio, etc.;

Quedas - O estudo das quedas é muito importante, por questões de segurança e pela autoconfiança que proporciona;

Técnicas de Projecção - Trabalho em que um dos praticantes é projectado, executando uma queda;

Técnicas de Imobilização - Imobilizações, em geral através de chaves sobre as articulações;

Armas - No Aikido são utilizadas armas de madeira: Jo, Bokken e Tanto (bastão com 1,30m, sabre e punhal, respectivamente).

© 2019 Sport Algés e Dafundo